Microagulhamento - Como fazer as sessões do tratamento e protocolo

Microagulhamento - Como fazer as sessões do tratamento e protocolo

Publicado: 02/09/2018 Vizualizações: 11404

Como fazer o microagulhamento?

Não existem muitos segredos para fazer o microagulhamento usando o Dermaroller ou Dermapen, porém devemos ficar atentos com alguns detalhes e cuidados importantes tanto para o uso em casa ou na clínica:

  • Primeiramente, você deve escolher o aparelho com agulhas de medida adequada (comprimento em milímetros) para alcançar o seu objetivo. A maioria das medidas de agulhas só devem ser utilizadas por um profissional.

  • Lavar bem a pele da região a ser tratada com água e sabão, secar com uma toalha e limpar a pele novamente com um algodão ou gaze embebida em álcool;

  • Aplicar um anestésico tópico (creme ou pomada) na região onde será feito o procedimento para amenizar a dor e o desconforto;

  • Os movimentos deverão ser realizados em torno de 5 a 10 vezes em cada direção: na vertical, na horizontal e nas diagonais;

  • Aplique uma pressão suficiente para perfurar a pele, mas não ferir demasiadamente. Vá aumentando essa pressão levemente ao longo do tempo;

  • Iniciantes não deverão ultrapassar uma sessão por semana, dando alguns dias de descanso para a pele, entre uma sessão e outra. Caso note que a pele ficou com muita vermelhidão (hiperemia), prolongue ainda mais a data da próxima aplicação;

  • Após a aplicação, lavar bem a região onde foi feita a rolagem, de preferência com sabão e água corrente;

  • Ao terminar, não se esqueça de higienizar seu aparelho com álcool 70% ou água oxigenada, mas o ideal é descartá-lo em lixo apropriado e utilizar um novo aparelho a cada sessão;

  • Antes de guardar o Dermaroller em local fresco, seco e arejado, deixar secar bem para evitar oxidação das agulhas e consequentemente perda da eficiência de perfuração;

  • É recomendado o uso do filtro solar nos dias subsequentes ao tratamento, tanto doméstico, quanto profissional;

  • Nunca, em hipótese alguma compartilhe o aparelho Dermaroller com outra pessoa.

Importante: Dê um tempo para sua pele descansar e responder ao tratamento. Fotografe-se e após alguns meses, compare o antes e o depois. Será possível notar as diferenças nas primeiras aplicações!

Protocolo e dicas para o microagulhamento

Listamos as principais dicas sobre o microagulhamento, o procedimento que tem conquistado resultados bastante promissores, com a ajuda de alguns aparelhos bem simples.

  • A pele do antebraço, na sua parte interna, se assemelha bastante à pele do rosto. Para iniciar o uso do Dermaroller ou Dermapen, essa é uma área bastante apropriada. Possivelmente, os resultados obtidos nessa área após o teste se repetirão caso se aplique no rosto;

  • Para quem tem pele muito sensível, recomenda-se usar um anestésico 20 minutos antes de iniciar o procedimento, porém, isso poderá mascarar a dor, fazendo com que a pessoa exerça uma pressão maior do que deveria no local a ser tratado. Ao usar o aparelho em casa, tome cuidado com esse tipo de produto, para não lesionar a pele, sem perceber. Em casos mais sérios, deixe que um profissional realize esse procedimento;

  • Aos que pretendem fazer o microagulhamento no couro cabeludo, é importante salientar que os movimentos deverão ser de preferência em um único sentido, com o cabelo lavado e seco;

  • Não é recomendado utilizar maquiagem nas 48 horas subsequentes ao tratamento;

  • A pele precisa de um tempo para formar um tecido novo, por esse motivo, não adianta repetir o tratamento em curto espaço de tempo;

  • Os aparelhos não tem prazo determinado de duração. Aconselha-se que sejam trocados periodicamente.

Microagulhamento - Como fazer

Intervalo entre as sessões

O tempo de intervalo entre uma sessão e outra depende do tamanho das agulhas utilizadas, da forma como foi feita a aplicação, objetivos do tratamento e etc. É muito importante dar um tempo para sua pele descansar e se recuperar das microlesões causadas pelo procedimento.

Recomenda-se no mínimo 15 dias de intervalo para fazer uma nova sessão com agulhas de 0.50mm, 30 dias de intervalo utilizando agulhas de 1.00mm ou 1.50mm e entre 40 a 60 dias de intervalo utilizando agulhas de 2.00mm a 3.00mm

Este tratamento deve, preferencialmente, ser realizado por um dermatologista, fisioterapeuta ou biomédico, pois embora seja um procedimento seguro, existe sempre o risco de surgirem complicações e infecções na pele. No entanto, também é possível fazer o tratamento em casa, mas nesse caso é preciso cuidar muito bem da pele antes e depois do microagulhamento para pele não infeccionar e cicatrizar bem.

O fato desse tipo de tratamento poder ser executado em casa em algumas situações não quer dizer que deva ser feito indiscriminadamente, sem prévia orientação de um profissional, como se não houvesse riscos.

Todo tipo de tratamento envolve riscos. Não se esqueça de se informar com um profissional que domine a técnica. Somente um especialista poderá lhe passar as orientações corretas, tirar dúvidas, tipo de aparelho, frequência de uso, cremes pré e pós tratamento. Agindo com cautela e orientação, as chances de êxito no tratamento serão maiores.

Quem leu, comprou

Leia também